Construindo um futuro melhor

Tijolos Ecológicos

O tijolo ecológico é menos prejudicial ao meio ambiente do que o convencional, pois não gasta madeira, não vai ao forno e não queima óleo diesel. Ele é prensado com solo arenoso (85%) e cimento (11%), depois é curado com água (4%) e secado naturalmente.

Os tijolos seguem as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT –, NBR 10834, 10835 e 10836, com as dimensões 25 X 12,5 X 7 cm, e sempre passam por testes de resistência à compressão e absorção de água.

A produção com o tijolo ecológico é mais fácil. A parede dele é mais espessa, tem 12,5 centímetros de largura, enquanto o convencional é de 9 centímetros. Ele não requer massa pra levantar as paredes, pois é de encaixe. Então, ele economiza 90% de cimento, 95% de areia, 100% de cal, 25% de ferragem, fazendo com que o custo da obra fique, em média, 35% mais barato.

O processo de encaixe é simples e a geração de resíduos sólidos é menor, diminuindo os entulhos nas obras. Os dois furos internos dos tijolos permitem as instalações elétricas, eliminando a necessidade de quebrar paredes. Além disso, suas características físicas proporcionam economia, estabilidade estrutural, harmonia e beleza campal, fazendo com que sua casa se torne um local gostoso, relaxante e seguro.

CURIOSIDADES

  • Cada 1000 tijolos ecológicos economiza o corte de sete árvores.
  • São utilizados 58 tijolos para cada metro quadrado de parede. Assim, por exemplo, uma casa de 50 m² de área construída gasta cerca de 10 mil tijolos.