Construindo um futuro melhor

Ação Moradia abre inscrições para cursos profissionalizantes

A Organização Não-Governamental (ONG) Ação Moradia abriu inscrições para cursos profissionalizantes nesta terça-feira (1°). As aulas começam ainda em agosto e vão até novembro.

No intuito de ajudar pais e mães de família com baixa renda, a ONG oferece cursos profissionalizantes aos residentes de Uberlândia, que buscam aprender um ofício para ajudar nas despesas domésticas. “A maioria das pessoas que nós atendemos, não possuem renda, capacitação e nem emprego. O curso vem com uma possibilidade para a pessoa entrar no mercado de trabalho”, conta Ludimila Grasiele, responsável pelos cursos na Ação Moradia.

Os cursos possuem profissionais qualificados da área para que os alunos saiam da ONG totalmente capacitados para o mercado. “Já vi ex-alunas abrindo o próprio salão de beleza após terminarem o curso. As pessoas saem daqui com possibilidade de um futuro empreendedor”, afirma Ludimila.

Entre os cursos oferecidos pela instituição, estão: Cabeleireiro básico e intermediário/avançado, design de sobrancelha e maquiagem, manicure e pedicure, design de unhas, bordado em pedraria e customização de roupas, bordados diversos, crochê, informática básica e digitação, boneca de pano e depilação.

As inscrições vão até o dia 11 de agosto e para fazer a matrícula o interessado(a) deve ir até a Ação Moradia, localizada na Rua Canoas, 181 – Bairro Morumbi, com os seguintes documentos em mão:

  • Comprovante de recadastramento no NIS
  • RG e CPF do responsável familiar
  • Nome completo, data de nascimento e telefone dos demais membros da casa
  • Comprovantemente de endereço com CEP
  • Se tiver filhos: Certidão de nascimento, declaração de escolaridade, cartão de vacina e NIS

Para mais informações, entre em contato (34) 3226-6558

Ação Moradia

A ONG promove melhoria na qualidade de vida de famílias em situação de risco social por meio da construção de moradias com tijolos ecológicos, fomento a empreendimentos comunitários solidários, projetos de segurança alimentar, cidadania responsável e capacitação profissional.